Filmes de ação com personagens famosos

, , No Comments
2012 foi um bom ano para reviver e reencontrar alguns personagens antigos do cinema de ação, que ganharam novas releituras, alguns sendo bem-sucedidos, outros nem tanto. Vimos novamente James Bond em cena no espetacular 007 - Operação Skyfall, já resenhado AQUI, Liam Neeson voltou no papel que surpreendeu muita gente em Busca Implacável 2, o conhecido personagem dos quadrinhos ingleses Juiz Dredd, tão maltratado na versão de 1995 estrelada por Sylvester Stallone (O Juiz, lembra?), ganhou uma espécie de versão B sem censura com Dredd e a franquia Bourne retorna com O Legado Bourne, embora sem Jason Bourne, o espião sem memória vivido por Matt Damon. É justamente sobre estes dois últimos filmes que falaremos neste post.

Dredd (EUA, Inglaterra, Índia, 2012) - Esqueça Stallone tirando o capacete de juiz o tempo todo. Sem nenhum astro no papel principal (o que impede um exibicionismo incoerente como o personagem), esta nova versão do famoso anti-herói dos quadrinhos ingleses Juiz Dredd chegou para apagar da memória qualquer lembrança do famigerado filme de 1995. Dredd mostra o juiz como ele realmente é: violento, cru, comprometido com a lei e totalmente baddass! Claramente sem muita grana no orçamento, Dredd tem todo um clima de filme B de luxo, com uma direção de arte caprichada e muito sangue jogado na tela. Talvez por causa da questão financeira, o roteiro não gasta muito tempo mostrando Mega City 1, mostrando logo no início onde a trama será ambientada: em um dos imensos prédios da cidade futurista, onde moram milhares de pessoas. O mundo futurista do juiz é um país devastado, pós-apocalíptico, onde o que restou da humanidade vive confinado em megacidades, com a violência tendo subido em níveis alarmantes. A única solução para a contenção da criminalidade é a criação dos juízes, policiais que têm poderes de juiz, júri e executor. E é durante o treinamento de campo de uma juíza novata, Anderson (Olivia Thirlby), que vemos Dredd (Karl Urban, que esteve em O Senhor dos Anéis) em ação. Os dois acabam presos dentro de um desses megaprédios, tendo a missão de desbaratar uma quadrilha responsável pelo controle do lugar e pela produção de Slo-Mo, uma droga que altera a percepção de realidade do usuário. Este fiapo de trama acaba sendo muito bem utilizado, em cenas que fazem jus à tradição do personagem. E para quem curte um bom filme de ação bem realizado, Dredd é um prato cheio.

Dredd (2012) on IMDb

O Legado Bourne (The Bourne Legacy, EUA, 2012) - Lançado sem grande alarde nos EUA, o quarto filme da franquia Bourne chegou sem seu personagem principal, vivido por Matt Damon. Em seu lugar entra Aaron Cross (Jeremy Renner, o Gavião Arqueiro de Os Vingadores), ex-Marine que entrou para os programas Treadstone e Black Briar ao mesmo tempo que Jason Bourne. Na verdade, a trama de O Legado se passa simultaneamente aos mostrados em O Ultimato Bourne, depois que os programas secretos do governo americano são expostos à opinião pública. Vendo suas carreiras em risco, os responsáveis pelos programas decidem apagar quaisquer evidências da existência destes, e para isso todos os outros agentes devem ser mortos. Aaron Cross consegue escapar da morte no Alasca e decide tentar descobrir a verdade sobre sua existência. Como companhia, ele terá a Dra. Marta Shearing (Rachel Weisz, ganhadora do Oscar por O Jardineiro Fiel), uma bem-vinda adição à mitologia da franquia. Embora tenha boas cenas de ação e uma interação interessante entre os protagonistas, O Legado ainda carece de originalidade. Especialmente se levarmos em conta todos os clichês de filmes do gênero que o diretor Tony Gilroy (Conduta de Risco) utiliza para contar sua história. Por que será que todo filme de espionagem do século XXI precisa ter uma perseguição nos telhados de alguma cidade exótica? Afora estes deslizes, O Legado é bom entretenimento e estabelece bases razoáveis para a continuidade da franquia, quem sabe com a união de Aaron Cross e Jason Bourne, em um quinto capítulo digno de nota.

O Legado Bourne (2012) on IMDb